7.1.07

"Luz do Sameiro II"

Têm-se feito sentir nos últimos dias os efeitos do naufrágio do barco de pesca “Luz do Sameiro”, na praia da Légua, nas proximidades da Nazaré, onde seis dos seus sete tripulantes perderam a vida, tendo vindo a lume alguns dados relacionados com os meios localização, meios navais e meios aéreos envolvidos neste tipo de operações.

1. No que se refere à localização, ao que consta a embarcação, tal como muitas outras, utilizava um equipamento (EPIRB), um emissor de rádio que envia sinais de socorro só com a identificação do barco em perigo, tendo que se esperar entre 15 minutos e duas horas pela triangulação do sinal por três satélites para evitar erros de posicionamento.

2. No que concerne ao Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), um organismo da Direcção-Geral de Marinha, dotado de autonomia administrativa e com atribuições de promover a direcção técnica no que respeita à prestação de serviços com vista ao salvamento de vidas humanas na área da jurisdição marítima, consta que:
a. Este organismo está a trabalhar há anos reduzido a 60% do efectivo.
b. Devido à falta de pessoal e ao enquadramento legal ou falta dele, formalmente o ISN só funciona das 9 às 17 horas e todas as acções de salvamento fora das chamadas "horas de expediente" só são executadas por voluntarismo dos 80 homens que compõem o serviço. Na prática, os elementos que estão atribuídos a um serviço que tem a responsabilidade de acorrer a todos os salvamentos ocorridos na linha de costa - como foi o caso da Nazaré - têm o horário de um qualquer funcionário público, não têm turnos nem rotação e "fecham" ao fim-de-semana para descanso.
c. O quadro orgânico do serviço de lanchas salva-vidas comporta 130 homens só há 80, mas para fazer um serviço de 24 horas "seriam necessários uns 200 homens".
d. Se as lanchas salva-vidas deixam a desejar, pior é a situação das comunicações rádio, uma vez que não trabalham na mesma frequência que as dos bombeiros.

3. Relativamente aos meios aéreos, nas horas de serviço, a FAP é capaz de colocar um helicóptero no ar em 30 minutos após receber a ordem de descolagem, ou 45 minutos fora das horas de serviço, ao que se tem de juntar ainda o tempo de voo entre a base onde se encontra e o local da solicitação, período que será excessivo, conforme Martinho Martins, citado pelo Jornal Público.

Embora tudo isto seja o reflexo do país que temos, certamente muito mais se pode fazer, porque em situações como esta o que está em causa são vidas humanas e a vida é um bem jurídico que tem de ser alvo de protecção extrema em qualquer situação e sob qualquer condição.

Tal como, devido a um violento temporal que em Fevereiro de 1892, assolou a costa litoral portuguesa e que num só dia matou 105 dos 900 pescadores que se encontravam em faina, se pensou em fundar o Real Instituto de Socorros a Náufragos, organismo antecessor do ISN, também este naufrágio ocorrido em Dezembro de 2006, a 50 metros da praia deve servir de marco de reflexão, analisando-se o que está bem, o que está mal, o que pode ser melhorado, e acima de tudo tomando rapidamente medidas que evitem a perda de vidas em circunstâncias idênticas.

Túlio Hostílio

18 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Noticiou o Expresso deste fim de semana: (não, não foi a doce Valentina)

"Família dos Pescadores da "Luz do Sameiro", arriscam-se a perder a indemnização, por estes andarem a pescar em "zona proibida"".

É pá, este país até doi, tenham dó! Ainda os homens não foram todos encontrados e já querem deserdar a família!!!

Depois dizem que os marroquinos é que são maus, quando nos apresam as redes e os barcos.

Já agora amigo Túlio, que anda com vontade de pesquisar, não vá para "zonas proibidas", mas diga-nos lá, onde está a legislação que impede o socorro no mar, sem o consentimento da Marinha de Guerra!!! Ouvi isto em qq lado e fiquei apreensivo, já que andava a treinar para Bay Watch!

O Ex-Futuro Nadador Salvador

P. S. Já agora, quem é a fada do lar?

7.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Ex-Futuro Nadador Salvador
Para satisfazer a sua curiosidade em termos de Bay Watch leia o Artº 13º do DL 44/2002 de 02 de Março.

8.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Bem como o Artº 30º do DL 49/93 de 26 de Fevereiro - Lei Orgânica da Marinha.

8.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

São só dois artigos, bem que os podiam ter postado!
Tenho muito que treinar e não tenho para pesquisar. Façam lá o favor ao Homem do Mar.

O ex-Futuro Nadador Salvador

9.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Qualquer nadador salvador gosta de ter uma prancha de surf e de surfar na crista das ondas, assim agarre na prancha e surf na net em direcção ao portal do Diário da República na versão electrónica.
NOSTRADAMUS

9.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Meus amigos!!!!
Este Blogue está a ficar mal frequentado. Algum dia ainda aparecem aqui a postar o Satanás, o Frank and Stein, ou o Armário!!!

CIPRIANO, SÃO

9.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Fiquei deveras surpreendido!!!
Quando for um Nadador Salvador a sério, não sei se fico às ordens, do Capitão do Porto, ou do Comandante Naval. Os marujos devem estar tão confundidos como eu!!! Tanto "figurão" e tão poucos barcos! Será que eu quando acabar o Curso, fico a fazer parte do Estado Maior do Comando Naval?
E eu que só queria conhecer umas garinas!!
Malvado comboio.

O ex-Futuro Nadador Salvador

9.1.07  
Anonymous o tangas disse...

Cipriano Cipriano, olha que o armário não está morto e enterrado, antes pelo contrário, ainda te arriscar a levar dois calduços de tão educada pessoa.
" O Tangas"

9.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Quem é o Armário? Desculpem a minha ignorância....

NOSTRADAMUS

10.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

É o sessentão mais giro que "circula" por Évora!


Fada do Lar

10.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Depois de uma viagem "além fronteiras", voltei a este "espaço".
Se não fosse a saudade jámais voltaria a Portugal...

PS: Este blogue está excelente. Obrigado amigo (virtual), Túlio.

ABUSUS

12.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Ao Abusus
Conto com o meu amigo e com os seus brilhantes comentários.
Túlio Hostílio

12.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Abusus, foste a Espanha comprar caramelos?
Ou foste em "viagem oficial", a fazer de "abusus de cabeleira"?

Mete Nojo

12.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

METE NOJO,
Com a minha capacidade para adivinhar e de prever o futuro acho que sei onde querias chegar, mas persiste uma pequena névoa que me tolda o raciocínio, importas-te de ser mais explícito.
NOSTRADAMUS

13.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Honorável Nostradamus,
Tem de me explicar se a névoa que lhe tolda o espírito, se deve às viagens que tem feito à Escócia, ou das viagens que o seu amigo Jameson, tem feito amiúde desde aquelas paragens para o visitar?
Sou de Adivinhação Geral, mas não sei tudo.

Mete Nojo
Mestre Em Ciências Mais Que Ocultas

13.1.07  
Anonymous Anónimo disse...

Algo de semelhante à Luz do Sameiro, só que num outro contexto:
Sete horas para chegar ao hospital. Homem sofreu acidente em Odemira, mas só em Lisboa poderia receber o tratamento médico adequado às lesões que apresentava. Acabou por morrer antes de chegar. INEM diz que fez «o que os meios disponíveis.
Túlio Hostílio

14.1.07  
Anonymous Prof Bambo de Sintra disse...

Regido pela transcendência de Urano, o aquariano dá a impressão de não ser deste planeta. Solto no espaço, meio perdido no tempo, tem muito charme e não é difícil alguém se apaixonar por essa aparente vida fácil que ele diz levar. O nativo de Aquário suscita dúvidas estranhas: será que ele faz sexo como toda a gente ou usa antenas e tentáculos? Não, o aquariano é um simples ser humano, sensível, gentil e afectuoso. Apenas diferente dos outros, e, por isso, parece enigmático. Preza como ninguém sua liberdade e será um melhor parceiro quanto menos pressionado se sentir. Para ele, sexo é bom é o que flui e simplesmente rola, sem cobranças no dia seguinte.

19.1.07  
Anonymous GALEGO disse...

Isto é mesmo a República dos Ananases no seu melhor (dos ananases porque está um pouco acima das Repúblicas das Bananas).
No caso do acidente em Odemira, a actuação do Instituto Nacional de Emergência Médica no acidente viário em Odemira não será alvo de inquérito.
O acidente serviu para tirar lições, como a "passagem em revista das circunstâncias de baixa densidade populacional e longa distância que condicionam a capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde em situações de urgência/emergência naquela região". Assim sendo, o ministro resolveu prometer mais meios.

19.1.07  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial